domingo, 17 de novembro de 2013

| REVIEW | Glee - 5x05


:: 5x05 :: "The End of Twerk"
Episódio daquele tipo "passe adiante" já que em nada acrescenta. Pra piorar, colocaram twerk no meio e não sei se entendi, mas tentaram colocar a pirada da Cyrus de exemplo. Oi? Quem diria que eu ficaria do lado de Sue dessa vez? Hehe. Mas que ideia jerico foi essa do Will de colocar isso na competição? Foi do tipo que ele teve quando pôs Gangnam Style e eles perderam... Enfim, toda essa história de ficarem requebrando o quadril mesclada com "rebeldia" e "revolução" contra Sue. Ah, vá. Nisso tudo só valeu o Will tendo um "momento Sue Sylvester ligada no revoltz" na sala dela.
Tirando essa parte boba e sem noção que nada mais era do que a guerrinha de sempre entre Will e Sue, teve ainda o drama do Unique que é menino que se veste de menina e não consegue se decidir em qual banheiro vai. Mais uma vez, claro que colocaram o bullying no meio. Ok, tem sentido. Só ficou sem sentido a Sue colocar um banheiro químico no meio da sala de ensaios só pra ele usar. E depois ainda usou isso para fazer Schuester desistir das requebradas em troca de um banheiro só pro menino. Daqui a pouco é melhor as escolas fazerem três tipos de banheiro, assim evita essa confusão toda.  #FikDik


Lá em Nova York, histórias menos desinteressantes. Teve Rachel fingindo rebeldia para esquecer um pouco a dor de perder Finn. Bem, pelo menos tão usando isso, nem que seja discretamente. Afinal, não tinha como ignorar! Enfim, essa "rebeldia" toda contagiou Kurt que acabou fazendo uma tatuagem e ainda por cima, errada! Nada que não se ajeitasse pegando amizade com o tatuador que de quebra lhe deu um piercing na língua de grátis. Então tá... Já Rachel, fingiu que não tinha feito tatoo nenhuma mas depois a gente vê que ela fez sim, e tatuou o nome do Finn. Awn, so sad!
De volta ao colégio se o lance do twerking serviu pra alguma coisa efetivamente foi para Marley descobrir a traição do Jake com a bitch cheerio. Aí ela vai e me canta aquela música da Cyrus com direito a subir na bola de ferro. Putz. Ok, o lance é usar o que tá na moda pra tentar chamar a audiência. Fazer o que, né.

MÚSICAS: "You Are Woman, I Am Man" de Funny Girl (Rachel e Paolo) / "Blurred Lines" Robin Thicke feat. T.I. & Pharrell Williams (Artie, Will, Kitty, Jake e Bree) / "If I Were a Boy" Beyoncé (Unique) / "Wrecking Ball" Miley Cyrus (Marley) / "On Our Way" The Royal Concept (New Directions)

A SEGUIR, PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO...

Um comentário:

Jean Luís Fernandes Lourenço disse...

O trecho: "Mas que ideia jerico foi essa do Will de colocar isso na competição? Foi do tipo que ele teve quando pôs Gangnam Style e eles perderam..." está incorreto, já que quem selecionou a canção citada para as Regionais foi o Finn, quando o mesmo assumiu o Glee Club.