terça-feira, 18 de dezembro de 2012

| REVIEW | Gossip Girl - 6x10 *Final de Série *


:: 6x10 :: “New York, I Love You XOXO” 
Seis temporadas e 121 episódios depois, Gossip Girl is dead. Não, a blogueira não morreu, só a série. Bem, na verdade se fosse falar assim, isso aconteceu há pelos menos umas 3 temporadas atrás. Bons tempos aqueles que eu via um episódio torcendo pra chegar no outro e me animava com os twists que a história sempre tinha. Daí a coisa estagnou. Os personagens não se desenvolveram. E tudo voltava sempre pra mesma coisa de sempre. Ok, é o episódio final, e eu vou tentar achar algum ponto positivo no meio de tudo o que eu vi. Vai ser difícil, mas não custa tentar.
Boa notícia: Bart morreu de verdade dessa vez. Por conta disso, Chuck e Blair fogem da imprensa e da polícia que só quer esclarecimentos sobre a noite. Mas pra que fugir já que os dois não fizeram nada? (não fizeram mesmo, deixaram o homem cair pra morte, mas td bem) A gente sabe que Chair curte um drama né? E é o tio Jack que chega com a solução de todos os problemas: pra não correr o risco de ser preso, Chuck tem de casar com Blair. Ok. Tantos anos de enrolation pro pedido de casamento rolar por um motivo bobo desses? Sorte que o casal já tava mais do que na hora de ir pro altar, então, whatever. Agora é aprontar um casamento discreto e chamar os amigos e família. Tudo na maior discrição, no meio de uma fonte em Nova York. Então tá.


Bom que todo mundo conseguiu ir. Serena, que tava indo pra Los Angeles mas voltou depois de ler o texto de Dan; Nate, que juntava provas contra a GossipGirl; Lily, que largou os preparativos pro funeral do marido nas mãos do prestativo ex, William (que deu um chega pra lá na tonta Ivy); Georgina, que faltou virar dama de honra; além de Eleanor e Cyrus, que casou Chuck e Blair momentos antes deles irem pra delegacia. Tudo assim, na pressa. Pelo menos, veja pelo lado bom, finalmente casaram! E, óbvio, não tiveram nenhum problema com a polícia. Então, tá, né. Depois disso, agora falta Serena e Dan se resolverem e Nate revelar quem é a Gossip Girl. Mas ele nem precisou continuar investigando, a própria se revelou. Quer dizer, o próprio.
A Gossip Girl não passa de um cara que queria entrar pra turma e como não era aceito, resolveu escrever sobre eles, principalmente, sobre sua musa, Serena. Reconheceu a descrição? Típica de um lonely boy, né? É por que é o próprio. Dan é a Gossip Girl! Pois é! E ele nem ligava de falar mal de si mesmo, já que, a GG foi quem inventou o apelido lonely boy, num é? Fora que ele falou mal da própria irmã, mas segundo ele, Jenny sabia e deixou pra poder ser expulsa da cidade. Ahãm, então, tá. Tirando a cara de surpresa de ex-personagens avulsos que deram ponta (Lola, Vanessa, Juliet (4º temp), Agnes (2º temp), e aquele era o prefeito de NY?), os interessados que sempre foram alvo do blog nem ligaram. Blair ensaiou um drama, mas logo deixou pra lá, até porque as fofocas da GossipGirl causaram briga e confusão entre essa turma, mas eles ainda estão juntos né? Amigos pra sempre indepentende de barracos. rs E Dan, apesar dos pesares, finalmente conseguiu entrar pro grupo tão desejado. Agora que ele tá feliz, adiós fofocas!


Daí, pros fãs ficarem babando, cinco anos depois Blair e Chuck eram uma família feliz com direito a um mini-Bass. Eric e Jenny deram as caras, Rufus e Lily dando selinho maaas não ficaram juntos (pelo menos uma decisão que gostei), só que ela ficar com William foi dose! Mas, whatever! Não foi pior do que Nate concorrendo a prefeitura, né? rs Quanto a Serena e Dan, bem, tava todo mundo reunido justamente comemorar o casamento deles. Pois é, depois de tantos anos, o garoto conseguiu ficar com sua musa! 
Deu pra sacar que foi que nem fim de novela, com revelação, casamentos e casais arranjados de última hora. Muito fã deve ter chorado litros com o pedido e o casamento de Chair, ou com Serena e Dan se entendendo e tal. Eu não. Acho que enrolaram tanto nesses anos que eu só queria que tudo acabasse. Tinha esperanças de uma temporada final decente, e o que eu tive foram os mais longos dez últimos episódios de uma série! rs Posso tentar achar um lado positivo, e a única coisa que encontro é a "pegadinha do malandro" com a Kristen Bell (que narra a série), olhando pra câmera falando a frase inicial, me fez realmente achar que ia ser ela a blogueira, mas não passava de ensaio pra fazer teste pro personagem. hehe Com direito a participação da Rachel Bilson tbém! Melhor momento do episódio, com certeza! 


Essa revelação do Dan ser a GossipGirl pra mim foi furada total. Eles querem que a gente esqueça tuuudo o que já viu na série antes e fazer a gente acreditar que isso fazia parte do plano inicial da roteirista? Duvido. Pra mim eles ficaram sem saída e chutaram. Tipo, ele é escritor mesmo, nerd solitário, deixa ser ele e pronto. Pra mim um desconhecido (a), faria mais sentido. Enfim, deixa pra lá. Francamente pra mim descobrir a identidade da fofoqueira era o de menos, alguém realmente queria saber? 
Bem, pelo menos acabou. Se tivesse acabado há umas três temporadas atrás eu talvez estaria triste com o fim e não quase a ponto de chorar de felicidade, rs, mas sobrevivi. Sobrevivemos, né? rs Ah, e claro que aquela história de Gossip Girl is dead não durou muito por que no final a fofoqueira estava de volta, pronta pra atacar os novos riquinhos da Constance, já que os nossos velhos conhecidos cresceram. Antes tarde, muuuito tarde, do que nunca. Amando ou não a série, ou esse series finale, X.O.X.O. pra todo mundo que ficou lendo os reviews (às vezes muito revoltados, eu sei, rs) aqui no blog! 

MÚSICAS"You've Got the Love" Florence + The Machine / "Road To Nowhere" Release The Sunbird / "Pon De Replay" Rihanna / "Kill Me" The Pretty Reckless / "It's Time" Imagine Dragons / "Body of Work" The Mynabirds

3 comentários:

Rooh Tertu disse...

Na minha opinião, SEMPRE teve na cara que a Gossip Girl é o Dan, sempre. E não acho que teve furo. Se você assistir desde o começo, vai ver que tudo faz sentido. Dan até defendeu a Gossip Girl quando a GG fez o Chuck e Blair sofrerem acidente. Dan todo certinho, defender a GG? deu muito na cara isso. SEMPRE soube que era o Dan, principalmente no 1x01, que mostra o Dan no site da GG. Sem falar que a Jenny jogava indireta o tempo todo quase pra ele na 1° temporada, falando que ele vivia no site da GG. Muito na cara quando a Serena pede pra se encontrar com a Gossip Girl no ''bar'' e o Dan aparece, e fala que seguiu ela. Sendo que se voce assistir o 2x25, vai ver que o Dan não concorda com o plano da Serena, e vai embora, e é de tarde ainda. E quando a Serena fala pra se encontrar com a GG, já é de noite, e o Dan fala que seguiu ela. Af né, tava na cara. Os roteiristas só queriam nos desviar de quem era a GG, por isso as vezes parecia ser outra pessoa, como a Lola por exemplo, mas na minha opinião, sempre deixaram claro que era o Dan. PS: Quando o Dan era obcecado pela Serena, ela viva no alvo da GG. Quando ele se desecantou por ela, e deu um fora nela, viu né o que a GG escrevou no 5x24 sobre a S. né? E quando ele se apaixonou pela Blair, quem vivia no alvo da GG? sem falar, que tem muita pista na 2° e algumas na 3° sobre ele. Enfim, acho que sempre teve claro. Gostei da review!

Luly* disse...

Uau. rs É bom assim, quando alguém percebe todos os detalhes e deixa o comentário aqui. Eu, francamente nem lembro... Mas, obrigada e se lembrar de mais coisas só comentar mais!

Clarissa C. Cavalcante disse...

Adorei esse blog!
Não conhecia, e só cheguei aqui pq tava pesquisando reviws sobre esse final da série. gostei tanto da sua resenha que vou até baixar o episódio (olha que parei de ver a série na segunda temporada...)

tenho uma coluna sobre cinema num site,dá uma olhada quando puder: www.cinemaemuitomais.com/colunacliche

sua review ficou MUITO boa!
beijos, Clarissa.