domingo, 28 de abril de 2013

| REVIEW | Person of Interest - 2x20


:: 2x20 :: “In Extremis”
A casa tá começando a cair! E não é só o evidente problema na máquina do Finch, que anda atrasando a 'entrega' dos números e quando eles chegam, é tarde demais. Primeiro Sczymanc, depois Cal e agora mais um. Além desse "errinho básico", a coisa tá feia também pro lado do Fusco. Caramba, puxaram história lá do episódio piloto! Ainda bem que eu gravei tudo, aí pude dar uma conferida e relembrar aqueles tempos dele com os outros policiais corruptos.
A Corregedoria grudou em Fusco querendo falar de seus tempos de policial corrupto, e principalmente, do sumiço do detetive Stills lá em 2011, no episódio piloto. Foi justo quando Fusco conheceu John, que foi quem matou o cara e o fez esconder o corpo. Agora a corregedoria tá perto de descobrir a história, quer dizer, uma parte dela, a parte que deixa a coisa ruim pro lado do Fusco. E ele nem sabe o que fazer, já que não conta mais com o apoio da HR, então, só espera o pior e Carter que não sabe de nada, tá curiosa.


Enquanto isso, Reese chega tarde pra salvar o novo CPF da morte. Um médico foi envenenado e deve ter só umas 24 horas de vida. Reese se junta a ele para encontrar quem tá por trás do crime, e o moribundo aproveita também pra se despedir da filha.
O lance todo envolve um "mísero" erro. O médico falou demais, um investidor usou a seu favor, e como eram investigados a respeito disso, querem se livrar do doutor que deu a informação antes que a polícia chegue até ele. O bom é que o médico conseguiu ir junto até encontrar o cara lá que mandou matá-lo e de quebra, fez o mesmo com ele, envenenando-o! E depois, morreu, fazendo Reese e Finch questionarem os recentes atrasos da máquina e que isso deve ter a ver com aquele vírus, que tá infectando a rede todo. Vish... Imagina se isso acabar com a máquina de vez?


Lá na delegacia, Fusco teve um dia exaustivo. Além da corregedoria no pé, ele abriu o jogo com Carter sobre seu passado de corrupto e ela ficou super chateada. Apesar de tudo, ela ainda pediu pro John fazer alguma coisa pelo detetive, mas ele tava ocupado com o médico. Acho meio sacanagem do Reese nem ligar de dar um help pro Fusco, que se meteu naquela HR porque ele insistiu. Fora que esse lance do Stills tá dando problema porque foi John que matou o cara lá no primeiro episódio e Fusco escondeu o corpo. Estranhamente, quando chegam no local, não tinha mais corpo. Eu pensei que a HR tivesse "de mal" com o Fusco, mas se não fosse eles, quem sumiu com o corpo? Será que foi o Finch? Bem, pelo menos a coisa ficou mais tranquila pro lado dele, por enquanto. O problema vai ser lidar com Carter invocada.

4 comentários:

Mosketeiro Br disse...

Ficou claro que quem retirou o corpo do local antes da corregedoria chegar foi a Detetive Carter, quando ela diz para o fusco no final do episódio que "teve uma noite longa" e quando a câmera mostra as patas do Bear (o cachorro) sujas de lama dando a entender que ele a ajudou a desenterrar o corpo. Posso até está errado mais se encaixa bem.

Luly* disse...

Esqueci completamente desse detalhe!

StefanoDottori disse...

e vocês perceberam que a maquina ficou tão afetada neste episodio que no final aparece ela destacando a frase em vrmelho na tela"System Failure" e depois desliga as funçoes basicas finch não viu isso na tela mas acho que a maquina parou de funcionar

StefanoDottori disse...

Vocês perceberam que no finalzinho do episodio aparece john e finch falando que tempestade finalmente chegou, e aparece a camera perdendo sinal e falando que agora esta corrompido, erros encontrados, análise de ameaça suspensa. erro grave operaçoes comprometidas,ameaça ao sistema desativando operaçoes primarias, a maquina foi desativada!!! e como os produtores vai contornar isso não tenho a menor ideia