domingo, 2 de agosto de 2009

| REVIEW | CSI: Miami :: 7x25 :: FINAL DE TEMPORADA

:: 7x25 :: "Seeing Red" * FINAL DE TEMPORADA *
Pra fechar o ano, nada como resolver de vez o 'caso da temporada'. O russo Ivan Sarnoff tá preso, tranquilo, quando percebe tarde que tem algo errado com sua comida! Envenenada! O policial o leva de ambulância pro hospital e avisa a Horatio do ocorrido, mas no caminho um carro pára eles na rua e um outro bate no carro, empurrando-os direto pra linha do trem! O policial e Ivan conseguem sair a tempo, rola um tiroteio, e Ivan consegue fugir. Já o policial, consegue ver a cara vermelha do Horatio antes de morrer. O remix ficou legal, mas meio longo, eu adoro dar o gritinho junto e toda hora me antecipei! sa-co.
Enfim, no local percebem que o possível plano de fuga de Ivan foi meio que deixado de lado, e na verdade, seus parceiros queriam mesmo era eliminá-lo! Horatio vai ver o outro russo que é agora o chefe da máfia, e Yeline tá lá de infiltrada e faz até ceninha com H. Na delegacia, ela conta que só descobriu algo sobre Ivan negociar e estragar venda de armas e que o FBI tinha recuperado, mas o russo nº2 agora queria pegar de novo a carga. Pra ela saber mais, Horatio a mantém de vigia mas a deixa com um GPS em caso dela precisar de ajuda.
O dono do carro que parou a ambulância diz que foi roubado e não tem nada com isso, claro. Depois, eles ainda encontram o cara que tava no carro que empurrou a ambulância pra linha do trem, e o careca-russo diz que era tudo por causa de Ivan ter estragado os negócios. Calleigh olha as câmeras da rua e vê no carro 'roubado' o pai de Eric! Ela avisa ao namorado e desconfia de que Delko tenha já falado com o pai sobre isso! Eric nem acredita que o pai tenha feito algo, só pelo lance dele ter ajudado a sair da prisão daquela vez. Mas o cara não é mafioso? Não é de confiança, mesmo assim, essa discussão deixa o clima pesado entre Calleigh e Eric e Ryan fica meio sem graça com a situação.
Depois de descobrirem que Ivan fez uma médica ajudá-lo com os curativos e que ele tinha voltado a sua antiga academia de luta, Horatio consegue um encontro com Ivan, que quer depor mas não se entregar. Como H. não aceita, ele foge facinho. Pow H., que mole! Eric foi ver o pai e falar sobre o que houve e ele só diz que fez o que fez pra não morrer. O russo nº2 suspeita de Yelina e manda ela matar Ivan e enterrar lá na cova que ele cavou e se ela não fizesse isso, a cova seria dela. Mais tarde, Yelina avisa a Horatio que descobriu o local aonde os russos iam pegar o carregamento, mas quando Ryan vai ver não há nada! Provavelmente, o russo nº2 sacou qual era a dela e disse coisa errada! Vixi! Pelo menos, ela manda um alerta de perigo e graças ao GPS, Horatio corre pra buscar a cunhada.
Mas quando Horatio chega ao local, só encontra o russo nº2 estirado no chão, mas dá tempo do cara contar que seu plano de matar Ivan deu errado quando o próprio tentou matá-lo. Bem, Horatio segue atrás de Ivan e ele ainda tenta fugir, mas não teve jeito, tomou bala de Horatio Cane, o pistoleiro de Miami! rsrs Enquanto isso, o resto do pessoal ia no lugar certo onde os russos pegariam o carregamento de armas e mais um tiroteio acontece e Calleigh acerta um carro fujão, mas quando vai ver... Eric estava na direção, levando o pai dele embora!!! Ela atirou no namorado!!! Será que ele se feriu??? O pessoal segue o rastro do carro e o encontra na beira de um lago, sem Eric e com o pai dele desacordado. O véio acorda e só lembra do filho sangrando (mas não sabe se foi atingido pelo tiro) e perdendo a direção do carro. Calleigh se desespera achando que Eric pode estar ou ter morrido, e Horatio vai procurá-lo pelas pegadas, que terminam no lago. Será que Delko foi relembrar os velhos tempos de mergulhador? Aproveitou pra tomar um banho? Ou foi capturado por alguém, caiu em armadilha ou coisa assim? Sei lá, mas esse papo da Calleigh se sentir toda culpada é sacanagem demais, coitada.
Apesar de todos esses acontecimentos, achei muito fraquinha essa season finale. É sempre assim: alguém tem de morrer ou quase morrer ou deixar no mistério se morreu. E do jeito que eu tô cansada com as poses de Mr. Cane, francamente, tbém tô cansada de final cliffhanger. Nada a ver esse lance de fazer Calleigh ficar se remoendo achando que o matou? Qualé?! Ninguém pode ser feliz nessa vida? Vamos ver se nessa parada os roteiristas/diretores tomem um ar fresco de criatividade e please (sempre peço isso todo começo e final de temporada, mas não custa mais uma vez): Horatio tem que tomar vergonha na cara e parar de ficar toda hora de ladinho (como se deixasse ele menos feio...) e tirando/botando aquele óculos escuro!!! Aff!

2 comentários:

Nanda Martins disse...

Oh, meu Deus como eu sofri nessa Season Finale ! Apesar da atuação sempre forçada do Caruso e dessa coisa de máfia russa que já deu no saco, eu fiquei com o coração partido de ver a Calleigh desesperada pelo Eric. Justo agora que eles estavam juntos ele tem que desaparecer ?!?! E se ele não estiver em perigo, acho que eu entro na série e mato ele de verdade ><

Adorei o review *-*
Bjos, Nanda.

Leônidas disse...

Mas o legal desta série é justamente a pose do Horatio, a impáfia dele, este lance de close de lado, de tira óculos e coloca óculos, é muito legal. Nem todo herói tem que ser o protótipo do cara certinho, quadradinho, sorriso "colgate"!... Muito dez, adoro o CSI Miami justamente pelo Horatio Caine, pelo seu jeito insuportável de ser!... Mas concordo, foi o final de temporada mais fraquinho de todos!...