terça-feira, 30 de abril de 2013

| REVIEW | Smash - 2x13


:: 2x13 :: “The Producers”
Semana passada o destaque foi para Bombshell e sua estreia, agora a atenção se volta para Hit List e a chance de levar o musical para a Broadway também. Derek tá super animado com a apresentação que farão para vários produtores e acredita que tudo dará certo. Apesar disso, Scott mantém o outro projeto com Julia a todo vapor, mas alguns problemas podem acontecer. Isso é o que Eileen também quer evitar, tanto que vai assistir Hit List e ver se pode ser uma ameaça a Bombshell, que tá bombando e ela já pensa nos Tonys que podem ganhar.
Tudo quase certo para Hit List estreiar e Jimmy tá todo errado. Se o objetivo era odiar essa criatura, cumpriram bem o papel. Impossível torcer por ele! Cara irresponsável demais, se atrasa para os ensaios, fica chapado toda hora e ainda reclama da possibilidade de ser trocado? Essa pode ser a grande chance de Sam e já torço por ele! Só Kyle ainda tá dando algum crédito para o amigo, mas tá cada vez mais difícil, até pra ele.


Julia trabalha com Scott no projeto dos sonhos dela e de Tom, mas como ele deu pra trás, ela não desiste e tá entusiasmada. Só que aí Tom resolve voltar atrás... ainda mais porque perdeu aquela chance de dirigir outro musical. Ah tá, aí ele acha que só porque voltou a ficar disponível a Julia tem de aceitá-lo de braços abertos e mudar tudo o que já tem feito e ainda por cima, largar Scott? Ah vá! Tom ficou emburradinho e descontou isso durante entrevista para imprensa, e já foi anunciando o fim da parceria.
Tava na cara que a relação entre os dois tava balançada, mas os motivos do Tom são um tanto infantis. Fica jogando na cara que cuidou da amiga depois do divórcio, e queria que ela ficasse esperando por ele enquanto dirigia aquele outro musical, o que acabou nem rolando. Aí ela segue em frente, tá com boa vontade de fazer outro projeto com ele ao mesmo tempo, mas ele não admite não participar de Great Gatsby. E se a ameaça valer, deve vir por aí batalha judicial entre esses dois e daí, além da parceria profissional, a amizade vai pro ralo também.


Na apresentação de Hit List, Jimmy tava drogado e isso quase estragou tudo. As coisas não deram tão certo como o esperado, e acabou que nenhum produtor quis se arriscar com o projeto. Por enquanto, pelo menos. Senti que Eileen gostou mais do que queria do projeto e que só não vai apostar nele porque é bater de frente com ela mesma! Apesar de que, dizer que Bombshell pode ser ameaçada por Hit List é demais, né? Definitivamente a primeira é superior a segunda. Enfim, o lance é que por enquanto HL não vai pra Broadway para tristeza de Derek, que já tá sendo ignorado pela super atarefada Ivy. Mas tudo bem, porque Karen tá chateada com Jimmy e voltou sua atenção novamente ao diretor. Duvido que alguma coisa role entre eles, acho que o tempo chegou e passou. Infelizmente.
Quanto a Jimmy, teve o que mereceu e foi dispensado do projeto. E ainda fez papelão diante do pessoal, pior, sacaneando a única pessoa que ainda estava ao seu lado, Kyle. Tadinho, teve sua traição com Tom (!) revelada diante de todos, inclusive do namorado. Ouch. Decepcionado, Kyle desistiu do amigo - que segue em direção ao fundo do poço - e se eu não entendi errado, se deu mal ao atravessar a rua sem olhar para os lados! Será que ele vai se dar mal? Sacanagem, só faltava essa!

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO... se não ligar para spoilers...

| Bilheterias | 26/04 a 28/04

| No Brasil
"Homem de Ferro 3" chegou primeiro por aqui e se deu muuuuito bem, faturando R$ 25,1 milhões em três dias! De cara já se tornou a maior estreia por aqui em 2013. Seus números foram superiores ao de do lançamento de "Os Vingadores" e por pouco não bateu "A Saga Crepúsculo - Amanhecer Parte 2".

1 - Homem de Ferro 3 R$ 25,1 milhões
2 - Vai Que Dá Certo
3 - Oblivion
4 - Os Croods
5 - A Morte do Demônio
6 - Um Bom Partido R$ 375 mil
7 - Mama
8 - O Acordo
9 - Invasão à Casa Branca
10 - Um Porto Seguro


| Nos EUA
Tom Cruise também perdeu a liderança lá fora, graças aos marombados de "Suor e Glória". O filme de Michael Bay, estreiou com US$ 20 milhões arrecadados. Essa liderança deve durar pouco com a chegada de "Homem de Ferro 3" no próximo weekend.

1 - Suor e Glória US$ 20 milhões
2 - Oblivion
3 - 42
4 - O Casamento do Ano US$ 7,5 milhões
5 - Os Croods
6 - G.I. Joe 2: Retaliação
7 - Todo Mundo em Pânico 5
8 - Invasão à Casa Branca
9 - The Place Beyond The Pines
10 - Jurassic Park 3D

segunda-feira, 29 de abril de 2013

| REVIEW | Once Upon a Time - 2x20


:: 2x20 :: “The Evil Queen”
Cada vez mais me dando sono, a série segue para a season finale, e apesar dos pesares, eu espero que tudo termine de um jeito que possa me reanimar para continuar em frente com ela. Nesse episódio, Regina continua com seus conflitos internos, os planos de Tamara e Owen avançam e o tal radar de mentira da Emma voltou a funcionar. 
Regina segue na dúvida sobre o que ser: a vilã ou a mãe dedicada. Ela quer ser as duas coisas, e acaba assustando Henry. Até agora não entendo que ideia foi aquela de contar ao menino seu plano megaevil de usar um "gatilho" pra maldição, plantar feijão mágico e voltar com ele pra Floresta Encantada deixando o resto do pessoal pra trás, para morrer. Tipo, ela pensou que o garoto fosse aceitar? Eu hein. Ainda bem que ela tinha o truque de fazer ele esquecer. Mas ela segue com a novidade do gatilho. Se ela tinha isso, por que só pensou em usar agora?


Enfim, Tamara e Owen levaram Hook de volta para Storybrooke e em troca de ajudá-lo a acabar de vez com Gold, quer ajuda dele para seus planos. Pelo que entendi, a ideia deles é acabar com a magia e claro que tem de começar com a Regina. Apesar de ultimamente não ser nada parecido com o original Gancho, até que ele é safadinho e consegue enganar Regina falando do plano do casal e dizendo estar do lado dela. Ahãm. Como ela tá precisando de ajuda para usar o lance do gatilho, aceita levá-lo aonde está o negócio. Só esqueceu de avisar que Hook poderia ser devorado pela Malévola (que tá na versão monstro) no caminho. E o tal gatilho acaba sendo uma poção (acho) pequenininha. Quando a Regina entrou na caverna me lembrou "Lost", quando o Ben ia num buraco e tinha uma roda que fazia a ilha sumir. Sei lá. E como os caras responsáveis por essa série são os mesmo da outra, de repente não é coincidência a semelhança. 
Anyway, o fato é que durante a caminhada até o esconderijo, Hook sacaneou Regina com um lance sentimental e ela caiu que nem patinho e acabou com uma pulseira de couro que tira sua magia. Boa ideia essa do Owen e da Tamara, agora falta botar uma no Gold, só não entendo a lista com o nome de todo mundo do fairytale se só os dois tem magia lá.  Fora que ainda permanece o mistério sobre as motivações desses dois para querer acabar com mágica.


Pelo menos uma luz iluminou Emma que começou a desconfiar que Tamara é a "ela" que August tentou falar antes de morrer. A loira, junto com Henry, vai investigar mas esbarra em Neal que acha que os motivos por trás da desconfiança é ciumeira da ex. Well, quem pode negar? Emma só viu a lista com o nome dos pais e pronto, já deduziu que Tamara é do mal. Óbvio que tem um fundinho de desejo que isso seja verdade e ela forme uma família feliz com Henry lá no fairytale. O menino tá super animado pra ir. Na verdade todos estão. Pena que logo descobrem que a plantação de feijões mágicos virou cinzas! Agora só restou um pezinho que a Regina catou pra ela.
Se em Storybrooke Regina tá cada vez mais se afastando de ser uma heroína, no Fairytale ela ainda tinha uma ponta de dúvida. Ok, ela mandou disseminar uma aldeia porque o pessoal não delatou o paradeiro da Snow, mas ela ainda tinha uma dúvida sobre ser ou não ser a maquiavélica para sempre. Rumpelstilkin a disfarça para ela ir na aldeia e ver o que andam falando sobre ela e Regina acaba não só encontrando Snow, mas sendo defendida e cuidada por ela. Quando a Rainha Má começou a ficar balançada com o discurso da enteada sobre ela poder se remidir, tudo foi por água abaixo quando foi descoberta e Snow viu a chacina que ela fez. Parece que a Regina fica sempre dependendo de alguém pra dizer pra ela ser boa ou má, ao invés dela seguir o que quiser. Apesar de que, acho que a vontade dela mesmo é a atual, ficar com Henry e destruir geral. Mas agora que tá presa com os outros lá, sabe-se lá o que vai acontecer!

SEGUE A PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO, O PENÚLTIMO DA TEMPORADA...

| AUDIÊNCIA | TAHM, e Once Upon a Time em baixa, Castle e The Following em alta, e mais...

Mais séries foram renovadas, e algumas outras ainda precisam provar que merecem continuar. Hannibal tá caindo a cada semana, mas ainda não tá perdida. Revolution e Hart of Dixie não estão bem, mas já se garantiram. TAHM teve a pior média de sua história. Veja os números entre os dias 22 e 28 de abril.


| SEGUNDA
Em seu penúltimo episódio na temporada, BONES (6.87 milhões, 1.9) melhorou na audiência. THE FOLLOWING (6.97 milhões, 2.4) subiu, assim como CASTLE (11.71 milhões, 2.2), que empatou com REVOLUTION (6.24 milhões, 2.2), que caiu um pouco. 90210 (0.59 milhões, 0.3) teve levissima alta. E RULES OF ENGAGEMENT (4.96 milhões, 1.5) caiu bem.

| TERÇA
NCIS (16.76 milhões, 2.7) subiu um pouco, NCIS: LOS ANGELES (13.94 milhões, 2.6) não mudou e GOLDEN BOY (8.01 milhões, 1.4) melhorou na audiência. HART OF DIXIE (1.22 milhões, 0.4) caiu mais um pouco, mas nem precisa se preocupar pois já foi renovada. BODY OF PROOF (8.61 milhões, 1.5) caiu na audiência.

| QUARTA
LAW & ORDER: SVU (7.22 milhões, 1.8), ARROW (3.05 milhões, 1.0) e SUPERNATURAL (2.42 milhões, 1.0) em alta. HOW TO LIVE WITH YOUR PARENTS... (4.81 milhões, 1.5) caiu bem.

| QUINTA
THE VAMPIRE DIARIES (2.15 milhões, 0.9) foi a única da noite a se manter. De resto, THE OFFICE (3.13 milhões, 1.7), PARKS & RECREATION (2.54 milhões, 1.3), THE BIG BANG THEORY (14.38 milhões, 4.2), ELEMENTARY (9.94 milhões, 2.0), COMMUNITY (2.4 milhões, 1.0), HANNIBAL (2.4 milhões, 1.0) e GLEE (5.24 milhões, 1.8) caíram. PERSON OF INTEREST (12.99 milhões, 2.4), GREY'S ANATOMY (8.12 milhões, 2.7), BEAUTY AND THE BEAST (1.3 milhões, 0.5) e SCANDAL (7.760 milhões, 2.8) só perderam mesmo na udiência. TWO AND A HALF MEN (11.03 milhões, 2.8) foi bem mal, caindo bastante e tendo a pior média de suas 11 temporadas! Mas nada que a ameace, tanto que foi renovada.

| SEXTA
Os dois episódios de HAPPY ENDINGS (2.22 milhões, 0.5/1.8 milhões, 0.6) tiveram baixa. BLUE BLOODS (10.36 milhões, 1.4) e TOUCH (2.32 milhões, 0.6) perderam um pouco de audiência. GRIMM (4.86 milhões, 1.3) caiu no ratings. Já NIKITA (1.18 milhões, 0.3) e VEGAS (7.36 milhões, 1.0) subiram.

| SÁBADO
SMASH (1.89 milhões, 0.4) permaneceu sem mudanças importantes.

| DOMINGO
ONCE UPON A TIME (7.04 milhões, 2.0) foi mais uma série a bater recorde negativo essa semana, com sua pior média de todas! Vish. THE MENTALIST (8.69 milhões, 1.5) caiu, e RED WIDOW (3.52 milhões, 0.7) também. THE CLEVELAND SHOW (2.63 milhões, 1.2), THE SIMPSONS (4.48 milhões, 2.0) e REVENGE (5.93 milhões, 1.7) em alta. Em sua season finale, THE GOOD WIFE (9.01 milhões, 1.6) subiu. Sem mudanças significativas para FAMILY GUY (4.9 milhões, 2.5) e AMERICAN DAD (3.97 milhões, 1.9). BOB'S BURGERS (3.49 milhões, 1.7) perdeu audiência.

domingo, 28 de abril de 2013

| REVIEW | Person of Interest - 2x20


:: 2x20 :: “In Extremis”
A casa tá começando a cair! E não é só o evidente problema na máquina do Finch, que anda atrasando a 'entrega' dos números e quando eles chegam, é tarde demais. Primeiro Sczymanc, depois Cal e agora mais um. Além desse "errinho básico", a coisa tá feia também pro lado do Fusco. Caramba, puxaram história lá do episódio piloto! Ainda bem que eu gravei tudo, aí pude dar uma conferida e relembrar aqueles tempos dele com os outros policiais corruptos.
A Corregedoria grudou em Fusco querendo falar de seus tempos de policial corrupto, e principalmente, do sumiço do detetive Stills lá em 2011, no episódio piloto. Foi justo quando Fusco conheceu John, que foi quem matou o cara e o fez esconder o corpo. Agora a corregedoria tá perto de descobrir a história, quer dizer, uma parte dela, a parte que deixa a coisa ruim pro lado do Fusco. E ele nem sabe o que fazer, já que não conta mais com o apoio da HR, então, só espera o pior e Carter que não sabe de nada, tá curiosa.


Enquanto isso, Reese chega tarde pra salvar o novo CPF da morte. Um médico foi envenenado e deve ter só umas 24 horas de vida. Reese se junta a ele para encontrar quem tá por trás do crime, e o moribundo aproveita também pra se despedir da filha.
O lance todo envolve um "mísero" erro. O médico falou demais, um investidor usou a seu favor, e como eram investigados a respeito disso, querem se livrar do doutor que deu a informação antes que a polícia chegue até ele. O bom é que o médico conseguiu ir junto até encontrar o cara lá que mandou matá-lo e de quebra, fez o mesmo com ele, envenenando-o! E depois, morreu, fazendo Reese e Finch questionarem os recentes atrasos da máquina e que isso deve ter a ver com aquele vírus, que tá infectando a rede todo. Vish... Imagina se isso acabar com a máquina de vez?


Lá na delegacia, Fusco teve um dia exaustivo. Além da corregedoria no pé, ele abriu o jogo com Carter sobre seu passado de corrupto e ela ficou super chateada. Apesar de tudo, ela ainda pediu pro John fazer alguma coisa pelo detetive, mas ele tava ocupado com o médico. Acho meio sacanagem do Reese nem ligar de dar um help pro Fusco, que se meteu naquela HR porque ele insistiu. Fora que esse lance do Stills tá dando problema porque foi John que matou o cara lá no primeiro episódio e Fusco escondeu o corpo. Estranhamente, quando chegam no local, não tinha mais corpo. Eu pensei que a HR tivesse "de mal" com o Fusco, mas se não fosse eles, quem sumiu com o corpo? Será que foi o Finch? Bem, pelo menos a coisa ficou mais tranquila pro lado dele, por enquanto. O problema vai ser lidar com Carter invocada.

| REVIEW | The Big Bang Theory - 6x21


:: 6x21 :: “The Closure Alternative”
Olha que voltei a dar boas risadas! Só porque eu achei mais engraçado esse episódio, vai ter um monte de gente falando mal. É sempre assim! rs Mas tanto faz, o que importa é que se uma série de comédia não te fazia rir há um tempo, aí sim tem coisa errada. Acho que grande parte do meu riso foi provocado pelo "tema" que rondou o episódio, bem comum aos fãs de seriados, não só aos nerds. Quem nunca se chateou quando sua série favorita foi cancelada e sem final? Sheldon tá passando por isso agora.
Depois e Leonard contar que a série "Alphas" não teve mais episódios e terminou sem fim, Sheldon não se conforma. Ligado no revoltz, ele liga várias vezes para o canal SyFy tentando arrumar um jeito de fazer eles voltarem atrás na decisão. Ao ver o desespero do namorado, Amy resolve ajudá-lo a se livrar da necessidade de concluir tudo. No começo Sheldon fica relutante, não admite ter esse probleminha, mas depois de uns testes bem engraçados, ele tem de assumir sua compulsão.


Enquanto Amy cuida do Sheldon e distrai ele da "dor" da série cancelada, Leonard se anima para fazer Penny assistir e também virar fã de "Buffy, a caça vampiros". A loira até assiste de boa vontade, mas não curte tanto quanto o namorado. Isso faz ela pensar que não tem nenhuma paixão por alguma coisa como os amigos tem. Hum. Será que de um plot tão simples, pode vir uma epifania das boas? Espero. Até porque tá mais do que na hora dessa garota tomar um rumo, talvez correr mais atrás da carreira que foi seguir quando se mudou para lá há seis anos.
Quem anda precisando evoluir também é Raj. O cara fica cheio de amores com seu cachorrinho, fica falando de seus produtos de beleza e depois se chateia ao descobrir que Lucy escreveu num blog que o achou um "homem feminino". Howard dá a ideia dele então mostrar seu lado masculino para a garota e Raj até tenta, mudando de roupa e fingindo ser todo machão. Só que Lucy não gostou, na verdade pra ela é legal esse lado sensível dele. Bem, tem gosto pra tudo e como ela mesma disse, ela entende bem de esquisitices.


Voltando a Amy e seus truques, ela mexeu bastante com Sheldon que no fim desistiu de arrancar o próprio rosto de raiva e ficou tranquilo... até ela sair e ele terminar de fazer tudo o que ela não tava deixando ele terminar. Tipo um drogado se fingindo de sóbrio mas aí quando fica sozinho, cai dentro de novo! rs E ele não desistiu de "Alphas", tanto que conseguiu ligar pro cara que escrevia a série para saber quais eram os planos caso tivesse um final. E? Ele odiou! Haha! Pelo menos matou a curiosidade, até hoje eu queria ter a resposta para várias séries que eu curtia e viraram uma "história sem fim". Mas, quem nunca?

P.S. ri demais do Sheldon falando de várias séries que tiveram fim e que Heroes, que não teve (ou teve? não sei), pelo menos foi piorando tanto ao longo das temporadas que todo mundo desejou que ela fosse cancelada! kkkk...
P.S. 2 Sheldon dizendo para Amy que ela não tem ideia de como é se sentir frustrado, com um desejo acumulado e sem ter a chance de alívio. HAHAHAHA Amy é PhD nisso!! Veja lá no Tumblr!

| Confira os indicados ao Billboard Music Awards 2013

Estava quase esquecendo, mas agora lembrei de postar que saiu a lista dos indicados ao Billboard Music Awards. Lembrando que essa premiação é dada pela famosa revista especializada em música, e leva em conta a vendas de álbuns, interação com fãs em redes sociais, downloads de faixas, entre outras coisas, durante todo o ano. 

Taylor Swift e Maroon 5 foram os que mais receberam indicações esse ano. Cada um concorre em 11 categorias. Rihanna aparece 10 vezes, com Carly Rae Jepsen e One Direction em seguida, levando nove e oito indicações, respectivamente. A novidade nesta edição é a inclusão da categoria de EDM, referente a música eletrônica, que tem feito bastante sucesso nas paradas. Fora que tem até brasileiro na disputa! Michel Teló concorre na categoria ''Melhor Hit Latino'' com ''Ai Se Eu Te Pego''.


A cerimônia aconterá no dia 19 de maio, em Las Vegas e terá apresentação de Tracy Morgan ("30 rock"). A Billboard esse ano irá honrar Prince, com o Prêmio Billboard Ícone. Por enquanto, Pitbull, Christina Aguilera, Macklemore e Ryan Lewis, Selena Gomez, the Band Perry e Kacey Musgraves são as performances ao vivo confirmadas, mas outros devem ser anunciados em breve. Segue a lista dos indicados nas principais categorias, e caso queria ver todos, clique aqui

TOP ARTISTA
Justin Bieber
Maroon 5
One Direction
Rihanna
Taylor Swift

TOP NOVO ARTISTA
Gotye
Carly Rae Jepsen
The Lumineers
One Direction
Psy

TOP ARTISTA MASCULINO
 Jason Aldean
Justin Bieber
Drake
Flo Rida
Bruno Mars

TOP ARTISTA FEMININO
Adele
Carly Rae Jepsen
Nicki Minaj
Rihanna
Taylor Swift

TOP DUPLA/GRUPO
Coldplay
Fun.
Maroon 5
Mumford & Sons
One Direction

TOP ARTISTA BILLBOARD 200
Adele
Justin Bieber
Mumford & Sons
One Direction
Taylor Swift

TOP ARTISTA BILLBOARD 100
Flo Rida
Fun.
Maroon 5
Rihanna
Taylor Swift

TOP ARTISTA POP
Adele
Justin Bieber
Maroon 5
Bruno Mars
One Direction

TOP ARTISTA DE R&B
Chris Brown
Alicia Keys
Ne-Yo
Rihanna
Usher

TOP ARTISTA DE RAP
Drake
Flo Rida
Nicki Minaj
Pitbull
PSY

TOP ARTISTA COUNTRY
Jason Aldean
Luke Bryan
Hunter Hayes
Taylor Swift
Carrie Underwood

TOP ARTISTA DE ROCK
Coldplay
Fun.
Gotye
Mumford & Sons
Bruce Springsteen

TOP ARTISTA LATINO
Don Omar
Prince Royce
Jenni Rivera
Shakira
Romeo Santos

MELHOR ARTISTA DANCE
David Guetta
Calvin Harris
Madonna
Skrillex
Swedish House Mafia

TOP EDM ARTIST
David Guetta
Deadmau5
Calvin Harris
Skrillex
Swedish House Mafia

TOP ARTISTA DE MÚSICA CRISTÃ
Casting Crowns
MercyMe
Matt Redman
tobyMac
Chris Tomlin

TOP ÁLBUM BILLBOARD 200
Adele – “21”
Mumford & Sons – “Babel”
One Direction – “Take Me Home”
One Direction – “Up All Night”
Taylor Swift – “Red”

TOP ÁLBUM POP
Adele – “21”
Maroon 5 – “Overexposed”
One Direction – “Take Me Home”
One Direction – “Up All Night”
Justin Bieber – “Believe”

TOP ÁLBUM R&B
Chris Brown – “Fortune”
Alicia Keys – “Girl On Fire”
Frank Ocean – “Channel Orange”
Rihanna – “Unapologetic”
Usher – “Looking 4 Myself”

TOP ÁLBUM ROCK
Fun. – “Some Nights”
The Lumineers – “The Lumineers”
Mumford & Sons – “Babel”
Os Monsters and Men – “My Head Is an Animal”
Phillip Phillips – “The World From the Side Of the Moon”

TOP MÚSICA HOT 100
Fun. – “Some Nights”
Gotye feat. Kimbra – “Somebody That I Used To Know”
Carly Rae Jepsen – “Call Me Maybe”
Maroon 5 – “One More Night”
Maroon 5 feat Wiz Khalifa – “Payphone”

TOP MÚSICA POP
Ellie Goulding – “Lights”
Carly Rae Jepsen – “Call Me Maybe”
Maroon 5 – “One More Night”
Maroon 5 feat. Wiz Khalifa – “Payphone”
Bruno Mars – “Locked Out Of Heaven”

TOP MÚSICA R&B 
Alicia Keys feat. Nicki Minaj – “Girl On Fire”
Miguel – “Adorn”
Frank Ocean – “Thinkin Bout You”
Rihanna – “Diamonds”
Trey Songz – “Heart Attack”

TOP MÚSICA ROCK
Fun. – “Some Nights”
Fun. Feat. Janelle Monae – “We Are Young”
Gotye feat. Kimbra – “Somebody That I Used To Know”
The Lumineers – “Ho Hey”
Phillip Phillips – “Home”

sexta-feira, 26 de abril de 2013

| REVIEW | Glee - 4x20


:: 4x20 :: “Lights Out”
A série tem tido episódios bem legais, mas daí veio esse e pra mim foi totalmente dispensável. É o clássico "enrolão" até chegar em algo efetivamente interessante. Apesar de alguns pontos que fizeram a história andar, de resto se não tivesse ido ao ar não faria a menor falta. Nem as músicas prestaram. O apagão foi geral, literalmente, rs. P.S. só por causa disso vai ter um monte de gente elogiando o episódio, sou sempre aquela "do contra". Hehe, mas tudo bem, cada um tem sua... opinião! Deixa eu parar de embromation também...
Lá no McKinley, Will tem mais planos para a performance no Regional depois de ver o trunfo de um concorrente ("interpretada" pela Jessica Sanchez, do American Idol) mas seus grandes planos tem de ser adiados porque a escola fica na escuridão e o povo tem de esquecer os efeitos especiais e só usar a voz em músicas acústicas. Ih. Artie - fã de autotune - se desesperou e Sam teve de dar uma liçãozinha mandando o pessoal se desligar um pouco das tecnologias.


Quem tá precisando realmente se desconectar é o Ryder. O cara tá obcecado em descobrir quem é a tal Katie, ao invés de dar mais importância ao mundo real. Jake dá um puxão de orelha no amigo, que resolve se abrir com a turma sobre ter sido molestado pela babá adolescente quando tinha 11 anos. Para Sam e Artie poderia ser "tudo o que os garotos desejam", mas para Ryder não, ué, deu pra entender o lado dele. Depois de ouvir isso, Kitty foi lá se aproximar dele, e até contou que passou do tipo. A loirinha tava a fim de largar seu bitch side pra ficar junto do garoto, que só ligou de papear com sua imaginária Katie! Ai ai... Sabe que eu fiquei até achando que é a Kitty a tal garota, e que agora ela quer sair do virtual sem contar que era ela. Mas porque fazer isso? Era só falar a verdade. O lance é que essa histórinha já deu.
O que já foi também é a minha boa vontade com a coach Roz. Ela aparecer/ofender muito de vez em quando é uma coisa. Outra é isso virar rotina. Até a Sue com sua língua afiadíssima não chega a "carregar" tanto o ambiente como essa outra. Pobre da Becky, já não basta estar com remorso e sentindo falta de Sue, tem de aturar Roz gritando com ela. Pelo menos acredito que isso deve durar pouco já que Blaine tá desconfiando, e a menina quer falar a verdade. Mesmo Sue falando que tá tudo bem na nova carreira de personal trainner a la anos 80, ela deve voltar logo logo... P.S. único número musical que eu realmente curti foi o dela, super nonsense! Ri demais!


Lá em New York, Rachel e Kurt tentam ajudar Santanna a dar um rumo em sua vida. Até porque ela não pode trabalhar no Coyote Ugly e dançar numa gaiola a vida toda. Diz ela que tá só querendo pensar, mas os amigos se preocupam. Para animá-la, Kurt chama ela e Rachel para ajudarem em um evento de caridade organizado pela chefe dele, Isabelle. Lá, depois de um musical muito do chato (foi ideia da Sarah Jessica Parker, inclusive) sobre o "amor ao balé", Santanna resolve voltar a praticar a dança assim como fazia quando criança e assim, religar seu lado artístico e quem sabe esse é o impulso que ela precisa para começar uma carreira. Esse plot, como eu disse antes, apesar de ter dado um passo pra Santanna parar de ficar sem rumo, foi muito chato com aquela coisa toda de balé e aquele longo musical. Sei lá, só acho.
Por fim, depois de vários dias sem luz na escola, o diretor Figgins foi descobrir que o problema era bem simples. O que não era simples eram as narrações dramáticas dele, né? Esse homem seria ótimo pra anunciar uma notícia do fim do mundo! rs Ou do apocalipse zumbi, que foi o que Sam achou que tava acontecendo quando as luzes apagaram! Haha, só faltou a Brittany!

P.S. Darren Criss de shortinho, sem gel e dançando! UI! (veja)

MÚSICAS: "You've Lost That Lovin' Feelin'" The Righteous Brothers (Sam e Ryder) / "Everybody Hurts" R.E.M (Ryder) / "We Will Rock You" Queen (New Directions) / "Little Girls" cast de 'Annie' (Sue) / "At the Ballet" cast de 'A Chorus Line' (Rachel, Santanna, Kurt e Isabelle) / "Longest Time" Billy Joel (New Directions)

| REVIEW | The Vampire Diaries - 4x20


:: 4x20 :: “The Originals”
E daí que a série tá se arrastando na lederza pra resolver as coisas e resolvem colocar um episódio avulso no meio? Who cares, né? Ainda tô pensando sobre o que eu achei desse "piloto" de The Originals, série spin off de Vampire Diaries que já teve sua produção garantida pelo canal. Talvez, conforme eu for escrevendo, descubro meus 'sentimentos' a respeito disso tudo.
Lá no final do outro episódio a Katherine fofocou pro Klaus que uma bruxa tava tramando contra ele em Nova Orleans, então como ele tá sem nada de útil pra fazer em Mystic Falls, resolveu ir lá ver o que tá rolando e reencontra um antigo pupilo, Marcel, que virou o "prefeito" do local. Ele faz questão de dizer que deve tudo a Klaus mas também deixa claro que ele é quem manda ali, e o amigo tá só de visita. Hum. Inclusive, ele encontra a bruxa que tava fazendo algo para e/ou contra Klaus e ao invés de deixar a mulher falar, a matou diante de todos. É, deu pra ver que ele aprendeu direitinho com seu mestre.


Só que Klaus não ficou satisfeito com a morte da bruxa e foi atrás da colega ou parente dela, que tem algo a dizer mas dá pra notar que Marcel não quer que ela abra a boca. Estranhamente ele controla as bruxas da região e proíbe qualquer magia. Vá saber como, ele tem algo a seu favor pra conseguir isso... Anyway, Klaus não consegue nada e só a chegada do preocupado Elijah clareia as coisas. A bruxa não tava querendo fazer mal ao Klaus, mas tava querendo atrair ele para Nova Orleans a fim de ter sua ajuda para derrubar a tirania do Marcel. Daí elas querem usar a loba Hayley - que tinha ido pra lá achar sua família - para obrigar Klaus a ajudá-las. Mas, porque isso poderia fazer o híbrido badass decidir ficar ao lado das bruxas??? Por que Hayley está grávida. PLOFT Niklaus vai ser PAPAI!!! #morri
Fiquei com a cara rachada com isso... Klaus vai ser pai? Gente! rs Parece que ele pode porque ele originalmente é lobo, ela também, então dá pra procriar e aquela noite ardente de uns episódios atrás deu nisso. As bruxas ameaçam o herdeiro dele se não tiver ajuda. Só que isso não foi muito para convencer Klaus a ajudá-las, ao contrário, por ele acabava com mãe e herdeiro ali mesmo. Mas Elijah ficou tagarelando no ouvido dele sobre terem uma família, blahblahblah, numa tentativa de "restaurar" o vilão que parece de muita má vontade em aceitar a novidade. Só parece, é claro...


A motivação do Klaus para aceitar a proposta das bruxas no fim nem é tanto pelas palavras sentimentais do irmão - disposto a 'curar' ele da maldade -, mas por derrubar Marcel. Klaus viu que o cara tá dominando o território que já foi seu e simplesmente quer de volta o poder e por isso, vai proteger o herdeiro. Eu acho isso ladainha, porque a série não vai ter dois vilões, então se der mole Klaus vai virar um papai babão alguma hora. Não entendi nada, o cara pode numa mordida aniquilar o inimigo que for, mas vai se unir a bruxas num tal plano cheio de etapas? Ah, vá! Ainda mais do jeito que o Klaus é, ou era, já que ultimamente o personagem desgastou tanto que não sei se é a melhor das ideias dar uma série só pra ele...
Sendo a história desse spin off aparentemente rasa ou não, o lance é que a CW já deu aprovação para a série que deve estreiar em Setembro ou Janeiro de 2014, e além de Klaus, vai levar Elijah (preferiu largar Katherine pra 'cuidar' do irmão) e Rebekah (apesar da atual má vontade dela) para longe de Mystic Falls. Eu acharia mais interessante uma série sobre a vida dos originais, incluindo os falecidos Kol e o mais velho que não lembro o nome. Maaaas, é isso. Na série ainda tem outros personagens, tipo aquela garçonete loirinha e humana.


Enfim, eu acho que eu estaria mais interessada numa série com Klaus se isso fosse antes de eu enjoar do personagem... Dificilmente verei essa, ainda mais com essa historinha de bebê que inventaram... Mas acho que o Joseph Morgan pode segurar bem esse projeto. Well, pra não dizer que não teve nada de TVD nesse episódio, teve os Salvatore se trancando com Elena pra ver se faziam ela sentir alguma coisa. UI! haha #mentesuja. Pelo menos conseguiram dar mais uma enrolada básica no lance da cura, Silas e tal, a TRÊS episódios da season finale. Eu me pergunto se tem chance ainda de alguma coisa boa sair dessa historinha toda. E aí, curtiu esse "piloto"? Vai assistir ao seriado???

MÚSICAS: "Revolution" – Dr. John / "Ball & Chain" – Martin Harley / "Walking Backwards" – Leagues / "No Sugar In My Coffee" – Caught A Ghost / "Testified BK" – Steve Nathanson / "Mojo Fix" – Martin Harley / "How" – The Neighbourhood / "New Cannonball Blues" – TV On The Radio / "Terrible Love" – The National / "Do Whatcha Wanna" – Rebirth Brass Band

| REVIEW | Arrow - 1x20


:: 1x20 :: “Home Invasion”
Prioridades, términos, perda de tempo... teve de tudo um pouco nesse episódio. Oliver tem saído com a nova amiga Laurel e fica sensibilizado quando uma família que ela ajudava num processo contra um empresário acaba morta. Só o filho mais novo sobrevive e fica aos cuidados de Laurel e Tommy. Oliver corre atrás de pegar o empresário e o assassino contratado, que não vai desistir até apagar o garoto que o viu. 
Só que ao mesmo tempo que cuida do caso envolvendo Laurel, Oliver tem de ajudar Diggle na sua caçada ao Deadshot, que voltou a cidade. Aquela colega com quem ele falou sobre o atirador tá pronto pra pegar o cara e avisa pra Digg se afastar caso não queira ser preso. Mas ele nem quer saber e pede help pro Oliver. Daí vem o lance das prioridades, já que todo o clímax resolve acontecer no mesmo momento.


Oliver preferiu ir atrás da ameaça contra Laurel e o garotinho, claro. Eles estavam aparentemente protegidos em sua casa mas aí o killer chegou pra terminar o serviço e ainda matar outros que tivessem no caminho. Apesar de toda a ajuda de Oliver/Vigilante, Tommy tá cheio de bico. O garoto tá de pirraça, pode? Claro que é tudo ciumeira, já que a namorada não só gosta do Oliver mas tem sua queda pelo arqueiro... aí ele fica duplamente irritado e prefere terminar o namoro. Aff. Vai arrumar um trabalho pra fazer, um jeito de salvar a cidade dos maus elementos ao invés de criticar o amigo, quer dizer, ex-amigo agora né. 
E não foi só esse o break up do episódio. Isso porque Diggle também ficou todo chateado depois de sem querer atrapalhar o plano do pessoal que caçava Deadshot e acabar lutando sozinho contra o cara, que fugiu tranquilamente. Digg ficou uma fera por Oliver não ter ido ajudá-lo em sua vingança, já que ele nem quer justiça, quer matar mesmo o cara. Aí o que ele faz? Termina a parceria com Oliver. Aaaaah, para de bobeira! Tudo bem que o cara tava mais focado no outro caso pela Laurel, mas tinha um órfão envolvido, dá um crédito!


Crédito não dá pra dar pra esses flashbacks da ilha. Para que ter todo episódio se não acrescenta absolutamente em nada? Nesse mostrou aquela oriental ajudando Oliver a aprender a usar o arco, mas eles se distraíram mais com o clima que tava entre eles. Aff. Aí depois o Yao Fei chega lá com o pessoal do Fyers e diz que chegou a hora de tirar o Oliver da ilha. Então tá. Whatever...
Ah, e outra coisa que teve foi o Connor tentando achar o vigilante arqueiro roubando rádio da polícia. Como não conseguiu e quase foi preso, agora a Thea vai ajudá-lo em sua missão já que ele se sente "ligado" ao cara que salvou sua vida. Hum.

VEJA A PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO...

| Estreias da Semana | 26/04

| No Brasil

Homem de Ferro 3  [Iron Man 3, Eua, 2013]
Tentando relaxar após os atos heroicos e quase fatais que o Homem de Ferro empreendeu para salvar a cidade de Nova York da aniquilação, Tony Stark se vê incapaz de dormir e sofre com preocupações e inquietações. Quando o vilão Mandarim, decide atacá-lo com força total, destruindo seu mundo e colocando em perigo aqueles que ele ama, Tony precisa achar um meio de salvá-los— e no processo reencontrar a si mesmo.

Direção: Shane Black ("Beijos e Tiros"). Elenco: Robert Downey Jr., Ben Kingsley, Don Cheadle, Samuel L. Jackson, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau, Guy Pearce. 12 ANOS
# VEJA PÔSTERES DO FILME, VÁ LÁ NO Facebook!! 

# Um Bom Partido [Playing for Keeps, Eua, 2012] - ex-atleta tenta se redimir de erros do passado treinando o time de futebol do filho, mas não consegue resistir às atraentes mães das crianças.
Direção: Gabriele Muccino ("À Procura da Felicidade"). Elenco: Gerard Butler, Jessica Biel, Dennis Quaid, Noah Lomax, Uma Thurman, Catherine Zeta-Jones, Judy Greer. 12 ANOS

# Dois Dias em Nova York [2 Days in New York, Bélgica/Alemanha/França, 2012] - Marion vive agora em Nova York com seu namorado Mingus quando os parentes franceses aparecem para uma visita, causando confusão e botando o relacionamento à prova. Sequência de "2 Dias em Paris".
Direção: Julie Delpy. Elenco: Julie Delpy, Chris Rock, Albert Delpy, Alexia Landeau, Kate Burton, Dylan Baker. 14 ANOS

# O Abismo Prateado [Brasil, 2011] - Violeta é uma dentista de 40 anos, casada e com um filho adolescente. Ela está pronta para começar mais um dia em sua rotina quando recebe um mensagem desconcertante e embarca em uma jornada pelas ruas do Rio de Janeiro.
Direção: Karim Aïnouz. Elenco: Alessandra Negrini, Thiago Martins, Otto Jr., Carla Ribas. 14 ANOS

# Reality - A Grande Ilusão [Reality, Itália/França, 2012] - Luciano é um simpático peixeiro de Nápoles que, a pedido dos filhos, se inscreve no reality show Grande Fratello, o Big Brother italiano. Aos poucos, a brincadeira se transforma em obsessão.
Direção: Matteo Garrone. Elenco: Aniello Arena, Loredana Simioli, Nando Paone, Nello Iorio. LIVRE

# Depois de Maio [Après Mai, França, 2012] - nos arredores de Paris, no início dos anos 70, um jovem estudante é pego em uma manifestação política. Mas, assim como seus amigos, ele está dividido entre um compromisso sério com a causa e suas questões pessoais.
Direção: Olivier Assayas. Elenco: Clément Métayer, Lola Creton, Félix Armand, Léa Rougeron. 16 ANOS


| Nos Estados Unidos

Suor e Glória [Pain & Gain, Eua, 2013]
Uma dupla de fisiculturistas se envolve em um esquema de extorsões e sequestram um empresário, mas não dá certo. Anos depois, o empresário planeja uma vingança contra os dois. Adaptação de uma reportagem publicada no Miami New Times em 1998, sobre uma gangue de assaltantes marombeiros. 

Direção: Michael Bay ("Transformers"). Elenco: Mark Wahlberg, Dwayne Johnson, Anthony Mackie, Tony Shalhoub, Ed Harris, Rob Corddry. No Brasil: 09/08

# O Casamento do Ano [The Big Wedding, Eua, 2013] - um casal recém-divorciado planeja fingir que o casamento está ótimo para não estragar o casamento de seu filho adotivo. 
Direção: Justin Zackham ("Antes de Partir"). Elenco: Robert De Niro, Katherine Heigl, Diane Keaton, Amanda Seyfried, Susan Sarandon, Robin Williams, Ben Barnes. No Brasil: 31/05

# Mud [Eua, 2012] - Mud, um carismático fora-da-lei, faz uma amizade improvável com um garoto de 14 anos, que está determinado a ajudá-lo a fugir de caçadores de recompensa e reencontrar-se com sua alma gêmea, Juniper.
Direção: Jeff Nichols ("O Abrigo"). Elenco: Matthew McConaughey, Tye Sheridan, Jacob Lofland, Reese Witherspoon, Sam Shepard.

# At Any Price [Eua, 2012]  jovem rebelde que almeja se tornar um piloto de corrida profissional tem seu sonho interrompido quando a fazenda de seu pai vira alvo de uma grande investigação.
Direção: Ramin Bahrani. Elenco: Dennis Quaid, Kim Dickens, Zac Efron, Heather Graham.

# Arthur Newman [Eua, 2012] - sentindo-se infeliz no campo profissional e familiar, um homem decide fingir a própria morte e criar uma nova identidade. Ele conhece uma jovem problemática e juntos eles passam a invadir casas vazias para fingirem ser os verdadeiros moradores.
Direção: Dante Ariola. Elenco: Emily Blunt, Colin Firth, Anne Heche, Sterling Beaumon.

# The Reluctant Fundamentalist [Eua/Reino Unido/Catar, 2012] - um jovem palestinotenta a sorte no mundo dos negócios em Wall Street e contra sua vontade, é envolvido em um conflito diplomático envolvendo reféns. Ao mesmo tempo, sua família espera que ele volte à Palestina. 
Direção: Mira Nair ("Feira das Vaidades"). Elenco: Riz Ahmed, Kate Hudson, Liev Schreiber, Kiefer Sutherland.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

| REVIEW | Bones - 8x23


:: 8x23 :: “The Pathos In The Pathogens”
Penúltimo episódio da temporada bem tenso, viu. Isso é pra nos preparar para a finale? rs O caso da semana chega no Jeffersonian sob muitos cuidados, já que corre o risco de ter algo a ver com contaminação das brabas. Todo mundo vestido de forma apropriada para investigar a causa da morte de uma blogueira que em 24 horas já teve o corpo bem danificado. Arastoo dá um help mas acaba sem querer contaminado pela mesma coisa que provavelmente matou a vítima! Oh-uh!
Pelo menos o pessoal viu que o tal vírus não é do tipo que se espalha facilmente, mas quem quer que tenha infectado a vítima tá pretendendo mudar isso. A equipe tem de correr contra o tempo não só para salvar Arastoo da morte, mas também para evitar que algum doido (a) cause várias outras mortes.


Booth fica preocupado com Bones enquanto segue de fora com Sweets investigando os suspeitos que são o viúvo, uma pesquisadora e o dono de um laboratório. Cada um tem seus motivos mas nada certo ainda. Lá no Jeffersonian, o soro que deram pro Arastoo não funcionou e só aumentou o desespero de Cam com a situação do namorado. Tadinha, deu dó dela. Hodgins com ajuda de Brennan fazia uma mistura de ervas pra ver se dava mais tempo ao amigo até acharem o killer que tem o soro.
Daí descobrem que o assassino não era a pesquisadora, mas o ex-chefe dela e dono do laboratório que teve seus experimentos descobertos pela blogueira e injetou nela a dose fatal e nem ligou de salvá-la quando foi pedir a cura. Ele parece disposto a fazer o mesmo agora, mas Bones mete medo nele injetando o tal vírus (só que não) e o cara abriu o bico. Ufa! Cam e todo mundo ficaram aliviados com a recuperação do Arastoo e até o cara lá que tava ajudando no caso deu um crédito pra Brennan.

Ai ai ai, semana que vem é a Season Finale. Adivinha quem vai voltar??? Er, melhor dar uma olhada na PROMO e se preparar...

terça-feira, 23 de abril de 2013

| REVIEW | Smash - 2x12


:: 2x12 :: “Opening Night”
Finalmente as cortinas se abriram para Bombshell estreiar na Broadway! Mesmo com os problemas de mudanças de produtor, atriz principal, roteiro e diretor, eles chegaram lá! Mas antes disso rolou drama - e depois também, claro. Ivy estava calma até ouvir as críticas e sentir um pouco de baixa autoestima... mas por sorte a mãe dela tava inspiradíssima e cheia de orgulho da filhota, dando a maior força. Nossa! E Derek também, já que virou o parceiro de cama da loira e aparentemente candidato a namorado fixo. Mas já? Anyway...
Tom também estava ansioso com a estreia, ainda mais depois da proposta de dirigir outro musical na Broadway. Putz, que sorte hein! Só não avisou a Julia da novidade e deixou a ruiva planejando o próximo trabalho deles. Er, a relação entre os dois tá bamba já tem um tempo e os últimos acontecimentos só pioraram e agora mais essa!


Pelo menos Bombshell estreia bem e Ivy brilha. Por mais que eu tenha curtido a Marilyn da Karen, a da Ivy é bem mais próxima da real. Fora que ela arrasa no vozeirão! Mesmo depois disso, ela continuou aflita com a recepção, agora era a hora de enfrentar as críticas. A loira só se acalmou depois de uma inusitada conversa com Karen. Logo as duas que lutaram tanto pelo papel há um tempo, agora tinham uma conversa bem camarada com direito a fazerem um dueto. É a vida... só quero ver quanto tempo vai durar essa "amizade" toda com os planos que Derek colocou na cabeça do Scott de levar Hit List pra Broadway ainda nessa temporada. Oh, wait. Bombshell demorou uma temporada pra sair pro estrelato e agora essa novata que nem estreiou ainda já pode até concorrer a Tony? Isso que é sonhar alto...
Eileen ficou super feliz com as críticas do musical, e apesar da que eles mais queriam - a do Times, daquele Richard com quem ela tava ficando - não te sido lá muito boa, no fim saiu tudo bem e ela só aspira coisas maiores e já sonha com os Tonys que podem faturar. 


Julia que tinha ido toda animada avisar a Tom do novo trabalho deles, ficou com a cara - e coração - no chão ao saber - por outra pessoa, ouch - dos planos do parceiro que não a incluíam. Tom ainda tentou amenizar as coisas, dar uma abafada, mas a ruiva ficou super chateada e já tô vendo que a parceria entre os dois vai pro ralo. Acho até justo ele querer uma nova carreira, e talvez ela devesse seguir o ramo de dramaturga, mas e a amizade vai afundar junto com a parceria profissional? Eis a questão!
Por falar em questões, Karen tem muitas para Jimmy ainda mais depois de saber que aquele Adam é irmão dele. O carinha até contou a história dramática da vida dele, que o irmão no presta e tal, e a morena aceitou. Só que Ana resolveu levar o tal Adam na festa de estreia da Broadway e pronto. Mas nem foi Jimmy quem tomou a iniciativa do barraco, mas Kyle, que não suporta o cara. Aí deu em confusão no meio da festa alheia. Ai ai... Karen ficou p. da vida e mandou o Jimmy emburradinho pra longe e ficou conversando com Ivy e acabou sem querer delatando que Derek pode (ou não) estar com ela por ter levado um chute da morena. Num sei... mas que o diretor não vale muito, é verdade, pois logo já arrumou outra "colega de cama". Até Tom bebum arrumou um encontro... com Kyle. Hum, estranho, ele tem cara de menininho. rs 

| Bilheterias | 19/04 a 21/04


Com "Oblivion" estreiando também nos Estados Unidos, agora o topo dele é em dose dupla. No Brasil, o filme do Tom Cruise já está há duas semanas em cartaz e permaneceu no primeiro lugar, com R$ 2,8 milhões arrecadados. A grande estreia da semana, "A Morte do Demônio", ficou só em quarto lugar, com R$ 1,37 milhão faturados. Lá nos Estados Unidos, a ficção científica estreiou no topo com faturamento de US$ 38,1 milhões.

| No Brasil
1 - Oblivion
2 - Vai Que Dá Certo
3 - Os Croods
4 - A Morte do Demônio R$ 1,37 milhão
5 - G.I. Joe 2: Retaliação
6 - Mama
7 - O Acordo R$ 929 mil
8 - Jack, o Caçador de Gigantes
9 - Um Porto Seguro R$ 715 mil
10 - Invasão à Casa Branca
| Nos EUA
1 - Oblivion US$ 38,1 milhões
2 - 42
3 - Os Croods
4 - Todo Mundo em Pânico 5
5 - G.I. Joe 2: Retaliação
6 - The Place Beyond The Pines
7 - Invasão à Casa Branca
8 - A Morte do Demônio
9 - Jurassic Park 3D
10 - Oz, Mágico e Poderoso

segunda-feira, 22 de abril de 2013

| REVIEW | Once Upon a Time - 2x19


:: 2x19 :: “Lacey”
Como dizem por aí, ultimamente a série ganhou o apelido de "once upon a sono" porque tá difícil acompanhar essa trama sem dar vontade de dormir, viu. Nesse episódio nem é que eu tenha tido vontade de dormir, mas também não me dá ânimo ficar acordada vendo um episódio com foco na Bella. Tem muita gente que curte a personagem, mas eu nunca gostei e seu recente comportamento só piorou a imagem dela para mim. Mas ok, segue a vida e até que ela parou com os ataques histéricos nesse episódio e para surpresa geral entrou numa fase piriguete. Whaaaaaaaaaaaa?!
Tudo começou com Gold sonhando que matava o netinho querido, aí num esforço (?) pra tentar mudar isso, ele foi ver se a Bella tava melhor da cabeça ainda mais depois daquele telefonema pra ela (quando ele pensou que fosse morrer e tal) e até que a moça tava mais calma, se dizendo disposta a aceitar sua ajuda pra lembrar das coisas. Ok, ele ficou todo animadchinho porque a moça voltando ao normal o ajudaria a manter seu lado misericordioso ligado. Ele só não contava com a astúcia de Regininha...


Regina já tá de saco cheio de ser ignorada e não gostou do parentesco entre Henry e Gold. Aí ela ficou com raiva e resolveu sacanear o Gold fazendo a Bella lembrar quem era... mas não quem era realmente, mas sua versão storybrooke. Para surpresa de Gold - e minha - com a maldição a princesinha virou uma piriguete de bar beberrona chamada Lacey. Oh yeah! Eu fiquei surpresa porque até onde eu lembrava a Bella em storybrooke era mantida presa por Regina até ser encontrada lá naquele dia que o Gold trouxe a magia de volta. So, como ela era a tal Lacey? Anyway, se a versão desmemoriada de Bella tava ruim pro cara conquistar, a nova versão tá pior ainda. Então o que ele faz? Vai pedir dicas de conquista pro David, assim se ela se apaixonar por ele de novo, o tal "beijo do amor verdadeiro" resolve todos os seus problemas. Missão fácil, né? Quem não se apaixonaria pelo Gold...
Mas se for pensar bem, se a Bella lá no Fairytale se apaixonou pelo feioso Rumpelstiltskin, quem diz que ela não pode gostar do Gold né? É só ele seguir o que fez lá nos velhos tempos e ser um cara bonzinho. BTW, lá no Fairytale, Rump tava massacrando no novo prisioneiro que tentou roubar sua varinha mágica e a moça queria impedí-lo de matar o cara, apelando pra um lado bom que ela achava que ele tinha. Acabou que só foi ver o ladrão curando uma mulher grávida que o monstrengo cedeu. Óh. Sabe o que é chato? O ladrão é o Robin Hood, a mulher é a Marian. Até o Xerife de Nottingham. Fiquei chateada porque podia resultar num plot tão legal com a aparição desses personagens, mas só serviu de pano de fundo pra mais um momento "lição de moral". Aaaaaaff.


Acaba que o esforço do Gold em ser bonzinho foi todo em vão. Conseguiu um encontro com "Lacey", mas acabou largado porque ela queria dar uns pegas no "Xerife". Aí ele chutou o balde e a canela e o cara todo depois. Mó violento. Sabe o máximo disso??? Quando a ex-Bella pegou ele no flagra mostrando todo o seu bad side ela saiu correndo gritando "você é mau". Não. Ela gostou!!!! O mundo tá perdido mesmo! Agora a dark Bella provavelmente só vai contribuir pro Gold não só sonhar, mas querer matar o neto de verdade! Ai ai...
Por falar em Henry, ele não ficou brincando com o daddy enquanto Emma pensava sobre a descoberta da plantação de feijões mágicos. Ela não sabe se fica ou se vai com os pais (Mary mudou de ideia dps de virar assassina de bruxa má). Aí a loira fica na dúvida e acaba dando dica pra Regina de que tá escondendo algo. Geez... Não deu outra e logo a marvada já tava na plantação secretíssima. Aaaaaaff!
Além da nova piriguete e da Emma honrando a velha piada sobre loiras, teve os mistérios da dupla de forasteiros amantes. Os dois marcaram lugares mágicos na cidade e depois Tamara foi buscar um pacote que, segundo ela, vai ajudá-los com seus planos. O pacote é quase uma caminhonete, mas tudo bem, por que na verdade é uma pessoa: o Hook. Agora ele vai ser "usado" por eles pra fazer sabe-se lá o que eles pretendem. Então tá...

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO...

| AUDIÊNCIA | Atentado, finales e retornos, séries em baixa e por aí vai...

Numa semana com atentado em Boston, a tv americana ficou cobrindo o caso e algumas poucas séries nem foram ao ar. Suburgatory finalizou sua temporada sem certeza de retorno. 90210, The Vampire Diaries e Once Upon a Time voltaram. Algumas séries da CBS tiveram péssima noite na segunda. E foi mais ou menos isso que rolou durante os dias 15/04 e 21/04.


| SEGUNDA
Com o lance todo do atentado em Boston o pessoal ficou mais ligado no noticiários e todas as séries foram mal. HOW I MET YOUR MOTHER (6.58 milhões, 2.6), BONES (6.41 milhões, 1.9), CASTLE (10.41 milhões, 2.1), RULES OF ENGAGEMENT (6.07 milhões, 2.0) caíram. 2 BROKE GIRLS (7.48 milhões, 2.3), MIKE & MOLLY (7.65 milhões, 2.2) e HAWAII 5-0 (7.65 milhões, 1.8) tiveram os piores números de todas as temporadas. 90210 (0.56 milhões, 0.2) retornou na mesma e THE FOLLOWING (6.41 milhões, 2.1) também mudou pouco.

| TERÇA
Enquanto BODY OF PROOF (8.99 milhões, 1.4) e GOLDEN BOY (7.93 milhões, 1.5) e HART OF DIXIE (1.32 milhões, 0.5) melhoraram um cadinho em suas audiências.

| QUARTA
SUBURGATORY (5.36 milhões, 1.5/6.45 milhões, 1.7) encerrou sua temporada - ou série, já que não foi renovada ainda - com dose dupla. Na primeira meia hora foi mal, pior que The Middle costuma dar. Mas em seu horário oficial, teve mais audiência. HOW TO LIVE WITH YOUR PARENTS... (6.02 milhões, 2.0) ganhou no ratings.

| QUINTA
Depois de uma semana indo bem, GLEE (6.39 milhões, 2.2) não repetiu o feito. A novata HANNIBAL (3.5 milhões, 1.4) também caiu. PARKS & RECREATION (3.25 milhões, 1.7) e COMMUNITY (3.19 milhões, 1.3) subiram. THE VAMPIRE DIARIES (3.19 milhões, 0.9) e BEAUTY AND THE BEAST (1.6 milhões, 0.6) retornaram melhores na audiência.

| SEXTA
Continuando com a cobertura sobre os ataques a Boston, várias emissoras reprisaram mas a CW passou NIKITA (0.97 milhões, 0.3), que teve queda mas nada grave.

| SÁBADO
VEGAS (4.32 milhões, 0.5) teve um episódio inédito exibido e claro, piorou muito em relação aos números de sexta. SMASH (1.91 milhões, 0.4) pelo menos não caiu, e até melhorou um cadinho na audiência.

| DOMINGO
A cancelada THE CLEVELAND SHOW (2.07 milhões, 0.9) caiu ainda mais. BOB'S BURGERS (3.74 milhões, 1.7) e THE MENTALIST (8.94 milhões, 1.6) em alta. AMERICAN DAD (3.91 milhões, 1.8) e THE GOOD WIFE (8.88 milhões, 1.5) em baixa. ONCE UPON A TIME (7.28 milhões, 2.1) voltou com uma melhora na audiência.

sábado, 20 de abril de 2013

| REVIEW | Glee - 4x19


:: 4x19 :: “Sweet Dreams”
Depois daquela tensão toda provocada pelo "tiroteio" na escola, o pessoal ficou um tanto estranho. Tina voltou a usar os modelitos estranhos que nem da primeira temporada, Brittany pode ir pro MIT (putz!) e Sam arrumou um irmão gêmeo, Evan. KKKK... esse cara cada vez melhor! Até Will tá meio estranho, mais sério e não aceitando nenhum tipo de opinião na escolha das músicas pro Regional, o que deixa Marley chateada já que ela pretendia mostrar uma de suas composições.
O pessoal tá mudando, e as coisas na escola também. Com a saída de Sue da escola, a técnica do polo aquático, a boca suja da Roz, que já quer mexer nas coisas. Que sorte o pessoal de lá tem, sai uma técnica que nem Sue e entra outra um pouco pior. rs Enfim, Roz já chega achando que foi culpa de Blaine a saída de Sue e faz ele e Becky prometerem que não farão nenhum voodoo contra ela. rs Nessa conversa que Blaine repara no comportamento de Becky e desconfia que ela saiba mais sobre os tiros daquele dia.


Depois de uma conversa com Beiste, Will resolve esquecer as mágoas e ir atrás de Finn para levá-lo de volta ao coral. Só que Finn meio que tá gostando demais da faculdade onde estuda para ser professor. Quer dizer, a parte de estudar tá ficando meio de lado já que o cara tá aproveitando as outras coisas que um universitário tem por lá: muita festa! E com Puck por lá, a coisa fica ainda mais agitada. Pois é, Puckerman na faculdade. Mas ele só está lá, estudando que é bom, nada. Achei um barato o Finn na faculdade e toda hora tinha um Harlem Shake. Hahaha. Anyway, Will foi lá e foi ignorado pelo ex-aluno, que só quer farra.
Enquanto são ignorados por Will, os outros ouvem a música de Marley e gostam. Eu achei bem bobinha, mas enfim, o pessoal pegou a letra na hora e já saiu cantando mas tudo bem. rsrs Will acabou vendo o grupo e parece que bateu o arrependimento. E depois que Puck deu um puxão de orelha no amigo festeiro - quem diria? -, Finn parou de bobeira e resolveu aceitar as desculpas do teacher e reatar a amizade e a parceria no glee clube. O bom é que agora ele tá lá tipo como estagiário, valendo muito para ele que quer ser professor. Quem diria, Finn amadurecendo! Daí com Will mais animadinho, Marley conseguiu finalmente mostrar suas composições e a outra música eu achei tão bobinha quanto a outra, mas tudo bem.


Lá em Nova York, chegou o dia D para Rachel. O dia da audição para Funny Girl, seu grande sonho. Para dar um help, a mãe sumida reaparece toda amorosa querendo que a filha realize seu sonho de ir pra Broadway por ela. Shelby além de aproveitar pra cantar com Rachel, dá umas dicas essenciais para sua apresentação. Depois a morena até ligou pro Finn buscando um pouco de conforto e deixando a entender que quer ele por perto. Own. Eles vão se casar um dia, certeza. O bom é que Finn tá tomando juízo então vai ficar tudo certinho para os dois ficarem juntos um dia.
Anyway, Rachel faz o teste bem diferente do que o pessoal de lá esperava, e seguiu conselho de Finn lembrando dos tempos iniciais do New Directions. Foi bem legal ela lá cantando a clássica (já virou né?) "Don't Stop Believin'" como se Kurt, Finn, Mercedes, Artie e Tina estivessem no backing vocal. Bacana. E acabou dando resultado, já que ela teve um retorno da produção do musical! Olha ela chegando perto de realizar seu grande sonho! Será que ela consegue já de primeira? Veremos! E por mais DUAS temporadas, já que a série teve renovação até a sexta temporada.

MÚSICAS: "Next to Me" Emeli Sandé (Rachel e Shelby) / "Fight for Your Right (To Party)" The Beastie Boys (Finn e Puck) / "You Have More Friends Than You Know" Mervyn Warren and Jeff Marx (Marley, Unique, Blaine e Sam) / "Don't Stop Believin'" Journey (Rachel com Finn, Mercedes, Kurt, Artie e Tina) / "Outcast" Glee (New Directions)

VEJA A PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO...

| REVIEW | The Vampire Diaries - 4x19


:: 4x19 :: “Pictures of You”
Já não era tempo desse povo se formar, né? Quer dizer, ainda é o baile, mas já é o começo do fim deles naquela escola. Já é bem surpreendente que eles passem de ano já que eu nem imagino onde eles arrumam tempo para estudar em meio a tudo o que rola na vida deles. Hehe, enfim, o baile não tá sendo muito como o esperado pra ninguém.
Elena assumiu-se a nova bitch do pedaço. Peraí que uma coisa é não sentir nada, outra é bancar a nojentona roubando vestido da ex-amiga. Né? Caroline fica bufando e corre pra pedir vestido emprestado para... Klaus. OI? Então tá, né...Damon e Stefan tem deixado Elena em paz para evitar matanças desnecessárias, mas grudam nela no baile e esperam que ele sirva para reavivar alguma sentimentalismo na moça. Mas tá difícil, a morena está mesmo sem vontade de lembrar dos velhos tempos da escola tanto que banca a bitch até com a Bonnie semi desmemoriada. Num tá fácil aturar essa nova Eleninha...


Mas todo mundo tá tentando entender e esperam que logo Elena volte ao que era. Stefan tenta usar aqueles sentimentos que ele se diz disposto a deixar pra trás depois de resolver tudo e Damon não curte muito a tática do brother, que falha. Quem não quer falhar na noite é Rebekah, que tá passando o dia sem usar seu lado vampira para mostrar a Elijah que merece tomar a cura e se tornar humana. A loira tá se esforçando e por mais que eu ache estúpida essa ideia dela, chego até a torcer um pouco para que ela alcance seu objetivo. 
Só que Klaus não quer perder a cura para não ter de ser atormentado toda a vida pelo Silas, que tem vergonha de mostrar a cara monstrenga e tá assumindo a forma de qualquer um. Só nesse episódio foram Jeremy, os Salvatore e Rebekah. Esta última forma ele assumiu para sacanear Elijah e... e.... o que? Sim, ele pegou a cura! Só que ele ainda precisa da bruxa pra fazer o que deseja e a que tem disponível tá super de má vontade.
Bonnie tá boladona. Primeiro foram os pesadelos com Jeremy, aí teve Silas fingindo ser Jeremy, ela tacando fogo e queimando luzes toda descontrolada com seus poderes. Para menlhorar o astral da moça, ela foi eleita rainha do baile (oi?). Pena que a melhor amiga resolveu matá-la! Sim, Elena foi sem dó pronta para acabar com Bonnie a fim de tirar a bruxa que Silas precisa e assim dificultar seus planos. Nem posso falar que foi má ideia, porque não foi. Mas óbvio que não é coisa que se faça com uma amiga de longa data, né?


Só que Elena escolheu a amiga errada pra matar já que a superpowerfull bruxa de boca torta não tá de brincadeira e quase ferrou a morena de mechas rosas! Vish... Foi por pouco e por pouco também que Elena não religava seus sentimentos. Quer dizer, ela ficou morta de medo então já é alguma coisa, não? Como tá difícil segurar a moça, os Salvatore resolvem prendê-la e bolar mais um plano para 'acordá-la' sentimentalmente falando. Pode ser que eles até consigam, quem sabe. Só não sei se Silas vai conseguir ajuda de Bonnie no seu feitiço porque agora ela tá que tá por conta própria e salve-se quem puder!
No fim do episódio rolou um motivo para Klaus ir pra Nova Orleans resolver umas paradas, e na próxima semana será o tal episódio "piloto" que pode dar origem ao spin off dos Originais. Elijah estará lá, e deu pra ver que ele e Klaus tem a mesma mania de correr um atrás do outro que Stefan e Damon tem. Se tudo der certo, eles terão uma série também só deles para isso.

VEJA A SEGUIR O TRAILER DO PRÓXIMO EPISÓDIO...

sexta-feira, 19 de abril de 2013

| REVIEW | Bones - 8x22


:: 8x22 :: “The Party in the Pants”
O pessoal achava que o falecido da semana era um bombeiro que acabou com o corpo jogado num prédio abandonado que tava sendo derrubado, mas depois de uma checagem mais apurada, viram que se tratava de um striper vestido de bombeiro. Ah tá. Brennan fica falando sobre o estudo que fez a respeito da "profissão" e que até a apoia, tendo inclusive já sido striper! Whaaaat? Calma, foi só para o estudo. Ah tá.
Enquanto investiga no que o striper que tinha trabalho com ações se meteu, Booth recebe a surpreendente visita da mãe. Nossa, nem sabia que ele tinha mãe! Também, a mulher ficou simplesmente 24 anos afastada do filho! E agora, volta toda legal pra contar que vai casar de novo e que Booth tem até irmãos postiços. Quanta informação...


Quanto ao caso, o striper investidor se meteu com a mulher dos outros, traiu a namorada e fez ela perder dinheiro, era complexidado e tudo mais mas acabou morto porque fazia sucesso na carreira de peladão e tava atrapalhando outro striper velho a se dar bem, além de ter feito o cara perder dinheiro também. Aí se deu mal, foi morto com coronhada de uma arma de brinquedo. Bem, não devia ser de plástico né?
Bem, já Booth que no primeiro momento ficou feliz com a visita da mãe, já que a perdoou pelo sumiço pois sabia que ela tinha sofrido um bocado nas mãos do pai dele (mesmo assim, né?), e até a convidou para ficar em sua casa e tal, não curtiu a segunda novidade. Ainda mais por saber que a mãe passou anos cuidando do filho dos outros ao invés de cuidar dele. Pois é. Mas depois ele pensa bem, reavalia a situação e decide que o melhor é ficar próximo dela, esquecer o passado. Bones apóia, virou fã da sogra, é mole? Mas será que ela continuou gostando depois de ter sem querer segurado o buquê que a sogra jogou? Olha, será que lá vem casório???